Necessidades Rosa

Necessidades Rosa

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Blush dá um ar de saúde e é essencial na sua necessaire


O blush é fundamental na necessaire, porque sua função é dar um ar de saúde às maçãs do rosto. Porém, sua aplicação está sempre próxima de um limite, afinal muitos profissionais consideram extrapolá-lo perigoso, pois o ideal é que o efeito do produto seja suave, evitando marcações e cores berrantes. Entretanto, nesta temporada, o produto ganha pigmentação intensa com tons de rosa e bronze, como mostraram as grifes Michael Kors e Vivienne Westwood, Red Label, na edição outono/inverno das semanas de moda de Nova York e Londres, respectivamente.

Para conquistar o look das passarelas, é necessário investir na quantidade de produto. O visual marcado é mais fashionista e, para usá-lo, você pode escolher um blush rosa de tonalidade mais vibrante ou um terroso, que fica mais suave. Na hora de conseguir o efeito, o pincel correto fará toda a diferença, portanto é preciso escolher um modelo chanfrado ou arredondado e volumoso. A marcação começa perto da costeleta e vai em direção à boca, têmporas e, no caso do contorno, abaixo do maxilar.

O blush marcado com cores mais intensas ajuda a criar a impressão de rosto mais anguloso e fino, ideal para quem busca um look ousado. As cores da vez também podem ser usadas em uma maquiagem mais natural, porém, é preciso controle na quantidade de produto aplicado, lembrando-se sempre de eliminar o excesso no pincel. Para isso, basta sacudir a ferramenta antes de tocar a face.

A maquiagem de acabamento natural, sem marcação de produtos, tem reinado nas semanas de moda e conquistado as adeptas da neutralidade. A tendência também valoriza o papel do blush, que cria ar de saúde nas maçãs.

Na última edição da SPFW, as bochechas coradas com delicadeza receberam produtos de textura cremosa para um acabamento mais leve e com frescor. "O blush cremoso fixa melhor na tez, sendo ideal para o verão, já que a pele transpira mais e a maquiagem sai facilmente", explica o maquiador Dudu Castro, do Crystal Hair, no Rio de Janeiro.


Vantagens

Nos dias mais quentes, a pele oleosa ou muito ressacada são as mais beneficiadas com a textura em creme do blush. "Ele tem uma melhor desenvoltura nesses tipos de pele, com maior fixação, evitando manchas na maquiagem. Deve ser usado quando a pessoa não aplica base no rosto. Nesse caso, usa-se o primer e depois o blush", diz Rick Silva, maquiador do Studio Sonia Nesi, no Rio de Janeiro. De acordo com Dudu Castro, também vale investir na versão em musse, que deixa uma aparência sequinha. "Dessa maneira, evita-se uma pele brilhante", diz.

Em relação à aplicação, Rick Silva sugere usar o dedo indicador para dar mais firmeza. "Para uma marcação mais natural, deposite o produto sobre os ossos da maçã, espalhando levemente em direção às têmporas. Aplicar o blush cremoso com o dedo facilita a distribuição do produto na pele, mas não há problema em usar um pincel", ensina. Para fazer a aplicação durar mais, é importante não pular passos, como o da limpeza e da aplicação do Primer, que ajuda a fechar os poros. "Aplicar pó translúcido por cima é outro recurso para manter a maquiagem por mais tempo", sugere Dudu Castro.


Na hora de escolher a cor ideal, os profissionais sugerem tons de vinho e terracota para a pele negra, enquanto marrom e bronze funcionam melhor nas morenas claras, que ganham um ar de bronzeado saudável. Já as mulheres de pele clara podem optar pelo rosa ou pêssego.